Vaga para Director de Programas

Vaga para Director de Programas
Vaga para Director de Programas

20 março, 2018

RECEBA VAGAS NO SEU EMAIL:  
Informamos que todas as oportunidades de emprego publicadas no site EMPREGO.INFROMOZ, sem excepção, não implicam qualquer custo para os candidatos

Associação Caritas Moçambique está a recrutar um Director de Programas para Maputo.

Propósito da Vaga

Sob supervisão do Secretário Geral da Caritas Moçambicana, o Director de Programas terá a responsabilidade de dirigir e coordenar eficiência e eficácia o trabalho dos Oficiais de Programas no Departamento de Programas do Secretariado Geral da Caritas Moçambicana.

Responsabilidades

Gerir o departamento de programas nas seguintes áreas:

  • Planificação – Elaborar programas e projectos, apoiar os coordenadores de áreas temáticas na preparação dos programas e projectos, pesquisar sobre concursos para a CM providenciar capacidades às equipas das Caritas Diocesanas na área de planificação e gestão de projecto.
  • Implementação – Coordenar o trabalho dos oficiais de programas / projectos;
  • Monitoria – Visitar as Caritas Diocesanas e seus projectos, recolher informação sobre progresso, boas práticas e lições aprendidas. Documentar as visitas, alimentar os relatórios para partilhar internamente, com parceiros e doadores.
  • Avaliação – Participar e promover o ciclo de avaliação dos programas e projectos com o objectivo de medir o efeito, resultado e impacto das acções da Caritas Moçambicana. Partilhar estas experiências e documenta-las.

Nível de prestação de contas

  • O Director de Programas presta contas directamente ao Secretário Geral e poderá em casos específicos por orientações do Secretario Geral prestar contas aos doadores.

Lugar de trabalho

  • Maputo, Moçambique. Será necessário realizar viagens pelo interior do País e as vezes fora do Pais.

Requisitos profissionais, experiencia e motivação

Qualificações

  • Nível superior em Ciências Sociais, Gestão de Projectos, Gestão Organizacional e ou áreas relaccionadas.

Experiência profissional

  • Experiência de trabalho com ONGs não inferior a 7 anos em Coordenação de programas e projectos;
  • Gestão de equipas nas áreas de desenvolvimento e assistência humanitária.

Habilidade

  • Capacidades comprovadas para elaborar, dirigir e / ou supervisionar trabalhos de coordenação, monitorar e avaliação de projectos de desenvolvimento e assistência humanitária para enriquecer as reflecções dos oficiais de programas da Caritas Moçambicana;
  • Possuir boa capacidade de mobilização de recursos/ angariação de fundos para a implementação de programas / projectos;
  • Boa habilidade de trabalhar com potenciais diferentes consultores externos para realizar estudos de linha de base, avaliações e publicar os seus resultados;
  • Bom conhecimento das redes Eclesiais, incluindo Caritas e actores de desenvolvimento dentro do país;
  • Bom conhecimento da Agenda 2030 (Objectivos do Desenvolvimento Sustentável;
  • Bom conhecimento e interesse manifestado pelas áreas geográficas onde as Caritas Diocesanas actuam;
  • Boas capacidades de elaboração, implementação e monitorização de orçamentos de projectos;
  • Boa habilidade de gestão e uma estreita supervisão dos Consultores;
  • Respeito rigoroso dos procedimentos da Caritas Moçambicana, Padrões de Gestão da CI e requisitos dos Doadores;
  • Conhecimento de pelo menos duas línguas de trabalho da Caritas Moçambicana (Português e Inglês / ou Francês);
  • Competências em habilidades de informática e TICs;
  • Capacidades Escuta, diplomático, trabalho em equipa e habilidades apropriadas para elaboração de propostas;
  • Pedagogia, animação, orientar encontros tanto com o pessoal assim como com os Consultores;
  • Organização pessoal e gestão de prioridades;
  • Boa capacidade de assegurar o alcance dos objectivos definidos no Plano Estratégico pela Caritas Moçambicana e doadores;
  • Cronograma de elaborar relatórios de actividades e submete-los ao Secretário Geral da Caritas Moçambicana dentro do tempo estabelecido;
  • Capacidades de trabalhar sob pressão e de viajar regularmente dentro e fora de Moçambique;
  • Compromisso profissional para todas as tarefas relacionadas com as suas funções;
  • Habilidades de trabalhar com os outros membros do Secretariado Geral nas suas áreas de competências;

Geral

  • Outras responsabilidades serão atribuídas pelo Secretário Geral quando necessário, como por exemplo: elaboração de relatórios específicos, assumir actividades de um outro colega, substituição no período de férias, etc.

Como se candidatar

Os (as) candidatos (as) interessados (as) deverão submeter o CV e a carta de motivação até dia 23 de Março de 2018 no Seguinte endereço Rua da resistência 1175, Maputo, ou nos seguintes endereços electrónicos abaixo mencionados׃ santosgotine@yahoo.co.uk ou hatimo.aphama@gmail.com.

VAGAS NÃO SE PAGA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *