Vaga para Consultor de Segurança

Vaga para Consultor de Segurança
Vaga para Consultor de Segurança

15 janeiro, 2019

RECEBA VAGAS NO SEU EMAIL:  

A Counterpart International ajuda as pessoas a construir vidas melhores e futuros mais duráveis, comunidade por comunidade. Nós equipamos indivíduos, organizações e comunidades – nossos parceiros – para se tornarem criadores de soluções em suas próprias famílias, comunidades, regiões e países. Trabalhamos com pessoas e comunidades em alguns dos lugares mais desafiadores do mundo para abordar questões sociais, económicas, ambientais, de saúde e de governação que ameaçam suas vidas e minam o seu futuro

 

A Counterpart International pretende recrutar um Consultor de Segurança para ajudar a desenvolver planos de segurança organizacionais e fornecer treinamentos de segurança para o pessoal do seu programa, Parceria Cívica para Boa Governação (PCBG) – um programa de quatro anos, baseado em Maputo, Moçambique. O programa PCBG é financiado pela Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) e trabalha para fortalecer o impacto do activismo cívico na melhoria da governação responsável, efectiva e democrática nos sectores-alvo do programa, nomeadamente Conservação da Biodiversidade, Mudanças Climáticas, Educação, Industría Extractiva, Governação Transparente e Responsável e Eleições. Com o apoio e sob a supervisão da Gestor Senior de Eleições, o Consultor de Segurança vai ajudar as organizações parceiras da componente de Eleições, adesenvolver durante o mês de Fevereiro de 2019 seus planos de segurança organizacionais; e oferecer treinamento de segurança aos membros dos comités de Respostas locais (CCL), e aos monitores eleitorais para observar o recenseamento eleitoral (Março de 2019) e a campanha eleitoral(Julho/Agosto de 2019). Antes do inicio das Eleições de 2019, todas as organizações parceiras devem ter seus planos de segurança finalizados e com guiões claros de como actualiza-los de modo a acompanhar todo o processo eleitoral.

 

  • Esta é uma posição a tempo parcial, baseada em Maputo, Moçambique. O consultor reportará à Directora do Projecto PCBG. O trabalho de consultoria será realizado entre Fevereiro a Agosto de 2019. O período aproximado de trabalho é de 60 (Sessenta) dias úteis
Funções
  • Apoiar (através de treinamento e orientação) pelo menos (7) Sete parceiros das OSC’s no desenvolvimento e na actualização de seus planos de segurança, incluindo:
  • Fornecer modelos de plano de segurança
  • Rever os planos de segurança finalizados e fornecer orientações práticas para garantir a sua relevância e eficácia
  • Rever os planos e processos de segurança existentes em cada organização
  • Organizar e conduzir dois (2) treinamentos, com a duração de um dia inteiro, na área de gestão de segurança, incluindo uma orientação para a planificação da segurança pessoal, para aproximadamente 300 pessoas, nomeadamente, a equipe da Counterpart, os parceiros da sociedade civil e os membros dos comités de Respostas Locais e os monitores eleitorais, antes de sua deslocação para o terreno
  • O consultor deve desenvolver ferramentas de treinamento e materiais relevantes para o contexto de Moçambique
Requisitos
  • Mínimo de 7 anos de experiência de trabalho relevante, ou o equivalente em termos de educação
  • Formação na aréa de segurança ou treinamento de gestão de segurança avançado sobretudo em eleições
  • Experiência substancial de trabalho e de treinamento numa ONG (ou seja, gestão de segurança de uma ONG internacional)
  • Experiência em treinamento, conselho e orientação em segurança eleitoral
  • Experiência e conhecimento de questões de segurança pessoal e organizacional, realização de avaliações de ameaças/riscos, gestão de segurança e consciencialização de segurança em um ambiente inseguro durante o período de eleições
  • Disponibilidade para viajar para as províncias/distritos do país durante o processo eleitoral para fazer mentorias aos planos de segurança organizacionais e para oferecer treinamentos aos parceiros, membros dos Comites de Resposta e Monitores eleitorais terreno conforme necessário
  • Capacidade de trabalhar sob pressão e cumprir prazos apertados, com supervisão mínima
  • Experiência de trabalho em Moçambique, com uma sólida compreensão dos desenvolvimentos políticos e de segurança em Moçambique
  • Capacidade de elaborar e redigir relatórios; habilidades analíticas, capacidades de comunicação e interpessoais
  • Excelentes habilidades informáticas (Microsoft Word, Excel e PowerPoint)
  • Excelentes habilidades de comunicação em Inglês e capacidade de ler, escrever e oferecer treinamentos em Português
  • Vantagem: Experiência em monitoria eleitoral ou gestão de segurança em contextos de eleições
  • Fluência total na língua portuguesa
Critérios de Avaliação
  • O Consultor será avaliado a partir da combinação de critérios Técnicos e Financeiros. A pontuação Máxima é de 100%. A avaliação técnica incluirá o seguinte:
  • Critério – Pontuação (%)
  • Qualificação educacional mínima e experiência de trabalho – 20%
  • Conhecimento profissional e experiência em desenvolvimento de planos de Segurança e treinamento em segurança pessoal em períodos eleitorais – 50%
  • Custo por dia de trabalho – 30%
  • Total – 100%
Notas
  • Apenas candidatos pré-seleccionados serão contactados
  • Cidadãos moçambicanos e em especial as Mulheres são encorajadas a se candidatar
  • Os candidatos que não seguirem as instruções podem ser desqualificados
Documentos necessários
  • Carta de Apresentação
  • Curriculum Vitae.

Para mais informação sobre a Counterpart, visite a nossa página web www.counterpart.org.

Como se Candidatar

Os interessados que reúnam os requisitos acima transcritos devem submeter a sua candidatura recruitment.pcbg@counterpart.org.

Validade: 31 de Janeiro de 2019

Local: Maputo

VAGAS NÃO SE PAGA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *