Vaga para Chefe de Departamento de KYC & AML

Vaga para Chefe de Departamento de KYC & AML
Vaga para Chefe de Departamento de KYC & AML

4 fevereiro, 2019

RECEBA VAGAS NO SEU EMAIL:  
Informamos que todas as oportunidades de emprego publicadas no site EMPREGO.INFROMOZ, sem excepção, não implicam qualquer custo para os candidatos

Descrição do trabalho

Auxiliar à Administração do Banco na Promoção da cultura de combate ao branqueamento de capitais e combate ao financiamento do terrorismo e actividades relacionadas (PBC/CFT) em todo o Banco.

Responsabilidades

  • Auxiliar à Administração do Banco na Promoção da cultura de combate ao branqueamento de capitais e combate ao financiamento do terrorismo e actividades relacionadas (PBC/CFT) em todo o Banco;
  • Conhecer a legislação anti-branqueamento de capitais e combate ao financiamento do terrorismo e actividades relacionadas (ABC/CFT);
  • Supervisão relativamente à monitorização de clientes e operações consideradas de alto risco ou fora de comum;
  • Análise de transacções suspeitas de branqueamento de capitais ou fora de comum;
  • Auxiliar a equipa de gestão da Direcção de Compliance e da Direccao de Gestao de Risco a garantir que os requisitos regulamentares, as políticas e as normas do Banco relativos a PBC/CFT são incorporados e cumpridos pelo Banco;
  • Coordenar a implementação de boas práticas, normas e mecanismos ou sistemas de PBC/CFT;
  • Desenvolver e monitorar a aplicação da política de prevenção de branqueamento de capitais e do Financiamento do terrorismo;
  • Receber, avaliar e comunicar transacções suspeitas ou fora de comum às autoridades competentes;
  • Assegurar a plena cooperação com as autoridades na aplicação da lei, facultando-lhes informações ao abrigo das obrigações legais do Banco;
  • Orientar e monitorar a observância das disposições de combate ao branqueamento de capitais e financiamento ao terrorismo no Banco;
  • Monitorar e gerir a informação de aceitação de novos clientes – Política “Conheça o Seu Cliente (KYC)”;
  • Monitorar o cumprimento da Política “Conheça o Seu Cliente” para Bancos Correspondentes;
  • Preparar e dar formação a todos os colaboradores do banco em matéria de PBC/CFT e Sanções;
  • Monitorar movimentos não usuais nas contas de colaboradores;
  • Coordenar e aconselhar aos responsáveis das áreas sobre a implementação e o funcionamento de políticas e procedimentos relacionados com sanções, incluindo a implementação e monitorização do processo de triagem face as listagens negras;
  • Realizar pesquisas de informações disponíveis publicamente sobre o cliente considerados de risco alto incluindo PPE´s;
  • Facilitar e aconselhar as Unidades de Negócio sobre mecanismos de controlo de sanções eficazes;
  • Contribuir para elevação da reputação do Banco através da aplicação das melhores práticas de AML/KYC;
  • Garantir que o Banco não sofra qualquer tipo de sanções decretadas pelas entidades reguladoras, devido ao não cumprimento de normas legais;
  • Avaliar os riscos de PBC/CFT associados às actividades do Banco;
  • Identificar deficiências nas medidas de controlo de PBC/CFT e definir planos e medidas correctivas apropriados (prazos e responsabilidades) com o responsável hierárquico;
  • Coordenar e contribuir em todas as iniciativas de PBC/CFT no Banco;
  • Manter um registo de aconselhamentos/pareceres para às unidades do Banco relativos à matérias de AML e KYC;
  • Contribuir para o quadro normativo de PBC/CFT e evitar duplicações, trabalhando em articulação com outras áreas do Banco;
  • Assegurar os necessários desenvolvimentos e actualização de toda a documentação / procedimentos / políticas / manuais relacionados com PBC/CFT;
  • Auxiliar e aconselhar no processo para identificar e monitorizar pessoas politicamente expostas (PEPs) e outras pessoas e entidades consideradas de risco alto;
  • Promover activamente, numa base permanente, a promoção de uma cultura de cumprimento das normas nas Unidades de Negócio (UN);
  • Assegurar a disseminação eficaz de campanhas de sensibilização em PBC para os colaboradores das UN, responder a todas as questões colocadas e dar formação necessária; e
  • Monitorar, detectar e comunicar Transacções Suspeitas de Branqueamento de Capitais à  Entidades Reguladoras.

Qualificações e experiência relevantes

  • Licenciatura em Gestão, Economia, Direito ou áreas afins;
  • Possuir pelo menos cinco (5) anos de experiência bancária;

Conhecimentos/Capacidades técnicas/Especialidade

  • Boa comunicação verbal e escrita na língua Inglesa;
  • Sólida compreensão da natureza da actividade e de produtos do sector bancário;
  • Manter-se actualizado dos desenvolvimentos e boas práticas internacionais em matéria de Combate ao Branqueamento de Capitais e Financiamento do Terrorismo (PBC/CFT);
  • Conhecimento de todas as actividades de PBC/CFT que abranjam todo o Banco;
  • Capacidade de dar um sólido aconselhamento técnico;
  • Conhecimento prático aprofundado do ambiente, sistemas e procedimentos bancários;
  • Boa compreensão dos requisitos regulamentares no ambiente internacional.
  • Conhecimento e compreensão aprofundada dos requisitos legislativos e regulamentares (existentes e projectados) relativos à banca, bem como das políticas e procedimentos internos relacionados com o cumprimento das normas;
  • Conhecimento de outra legislação e regulamentos que digam respeito à actividade do Banco, bem como das boas práticas e tendências em matéria de cumprimento das normas;

 

Candidatura online 

VAGAS NÃO SE PAGA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *