Vagas para (41) Digitadores

Vagas para (41) Digitadores
Vagas para (41) Digitadores

15 fevereiro, 2019

RECEBA VAGAS NO SEU EMAIL:  
Informamos que todas as oportunidades de emprego publicadas no site EMPREGO.INFROMOZ, sem excepção, não implicam qualquer custo para os candidatos

A RHDC- CONSULTORIA & SERVIÇOS LDA, é uma empresa de Consultoria em Recursos Humanos, de direito Moçambicano que opera nas áreas de Agenciamento de Emprego, Recrutamento e Selecção, Formação Profissional, Avaliação e Desenvolvimento de Competências, Trabalho Temporário, pesquisas entre outras áreas.

A nossa Cliente é a FUNDAÇÃO ARIEL GLASER CONTRA O SIDA PEDIÁTRICO (ARIEL), uma ONG Nacional que trabalha em parceria com as Direcções Provinciais de Saúde, Serviços Distritais de Saúde da Mulher e Acção Social (SDSMAS) e Hospitais Rurais (HR) nas Províncias de Maputo e Cabo Delgado. Apoia a implementação, acesso e expansão dos Serviços Clínicos de HIV integrados e de qualidade, especificamente o Programa de Saúde Materno Infantil (SMI) /Prevenção de Transmissão Vertical (PTV), Cuidados e tratamento Anti – retroviral (TARV) para Crianças e Adultos e apoio psicossocial através de uma abordagem de Fortalecimento do Sistema Nacional de Saúde. E, no âmbito da consolidação da sua estratégia, através da sua parceira com  a RHDC- Consultoria & Serviços Lda, pretende recrutar Digitadores, com disponibilidade imediata, para trabalharem nos  distritos de  Ancuabe, Balama, Chiure, C.Pemba, Macomia, Meluco, Mecufi, M. Praia, Montepuz, Mueda, Muidumbe, Namuno, Nangade, Palma, P. Metuge, Quissanga, Ibo  da Província de Cabo Delgado.

 

 

DIGITADORES  (m/f):

 

Cabo-Delgado – 01 Ancuabe; 04 Balama; 03 Chiure; 04 Cidade de Pemba; 04 Macomia; 03 Meluco; 01 Mecufi; 02 Mocímboa da Praia; 01 Montepuz; 05 Mueda; 02 Muidumbe; 01 Namuno; 03 Nangade; 01 Palma; 03 Pemba Metuge,  03 Quissanga;

 

OBJECTIVO DA FUNÇÃO:

O Digitador estará sob a supervisão directa de Supervisor de HIV/Director Clinico da Unidade Sanitária onde estiver alocado c om apoio do Oficial de Monitoria e Avaliação do parceiro. Esta figura deverá cumprir normas e procedimentos administrativos da Unidade Sanitária, assim como da Parceira. A assiduidade e pontualidade deverão ser controladas ao nível da Unidade Sanitária como qualquer outro funcionário e a área técnica pelo responsável clínico da US.

 

 

RESPONSABILIDADES:

 

  •   Manter os PTS actualizados e com uma boa qualidade de dados.
  •   Garantir a digitação completa e correcta dos dados na base de dados (PTS/SESP) de PTV e TARV,
  •   Garantir a ligação das fontes para alimentar o PTS (processo clinico, FILA, Livro de Registo da Farmácia, Receita, Livros TARV, Grávidas HIV+ da PTV, Livro de TB, TPI, …)
  •   Participar na colheita, análise e elaboração de relatórios mensais dos programas implementados dentro da Unidade Sanitária ou Distrito que estiver afecto, sempre que for necessário
  •   Garantir a disponibilidade de cópias de todos resumos mensais com qualidade, dos programas implementados pela Unidade Sanitária e indicadores que não são reportados pelo Sistema de Informação para Saúde, assim como Backups dos SESPs de TARV e PTV;
  •   Apoiar em actividade que visam melhorar a qualidade de Informação produzida ao nível da Unidade Sanitárias ou Distrito, dos implementados pela Unidade Sanitária
  •   Manter os SESPs funcionais e contribuir para a disponibilização de todas as fontes a serem digitadas na Base de dados
  •   Fortificar a ligação entre a digitação, registo e o NED, orientando todos os intervenientes, de modo que seja funcional mesmo com a sua ausência;
  •  Coordenar o Fluxograma dos processos clínicos desde o arquivo, consulta, registo nos livros TARV, digitação no PTS, e seu arquivo.
  •   Identificar  pacientes  faltosos/abandonos  e  levantar  os  respectivos  FILAS  ou  livro  de  farmácia  para  confirmar  o  ultima levantamento.
  •   Imprimir semanalmente as lista dos faltos e entregar ao ponto focal para as buscas activas, e actualizar o resultado da busca no PTS.
  • o  Participar nos comités TARV da US e apresentar constatações sobre o preechimento dos processos clínicos

REQUISITOS:

 

  •   Nível básico escolaridade;
  •   Noções básicas de Informática na óptica de utilizador (Office);
  •   Habilidades de Digitação;

 

OUTRAS HABILIDADES E CAPACIDADES ESSENCIAIS:

 

  •  Comunicação verbal e escrita adequada e clara;
  •   Noções básicas de SIS;

 

 

Se reúne os requisitos já enumerados e tem experiência comprovada, envie os seguintes documentos:

Carta de Motivação, Bilhete de Identidade autenticado, Certificado de Habilitações Literárias autenticado, Curriculum Vitae detalhado em formato word e em Português. Os interessados devem submeter as candidaturas aos Serviços Distritais de Saúde Mulher e Acção Social (SDSMAS) correspondentes aos distritos na qual se candidatam, até ao dia  22. 02. 2019.

VAGAS NÃO SE PAGA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *