Vagas para (40) Monitores Eleitorais para Eleições Gerais de 2019
Vagas para (40) Monitores Eleitorais para Eleições Gerais de 2019

22 fevereiro, 2019

Digite seu endereço de e-mail:  
Informamos que todas as oportunidades de emprego publicadas no site EMPREGO.INFROMOZ, sem excepção, não implicam qualquer custo para os candidatos

A Organização para Promoção da Paz e Desenvolvimento Humanitário (ORPHAD), é uma entidade não-governamental moçambicana e sem fins lucrativos, com a missão de promover operações de Paz e prestar assistência aos grupos vulneráveis de mulheres, crianças, jovens e idosos através de empoderamento das iniciativas de desenvolvimento socioeconómico, garantindo a defesa dos Direitos humanos.

A ORPHAD no âmbito do projecto “Eleições Credíveis e Pacíficas em Moçambique – ELEIÇÕES MOÇAMBIQUE”, está a recrutar quarenta (40) Monitores Eleitorais para monitorar a longo prazo o processo eleitoral das Eleições Gerais de 2019. O recrutamento vai obedecer duas fases para 08 Municípios/Distritos da Região Norte do País, com a seguinte distribuição: Nampula Cidade (10), Nacala Porto (11), Mocímboa da Praia (04), Angoche (03), Monapo (03), Montepuez (03), Moma (03) Ilha de Moçambique (03), nas províncias de Nampula e Cabo Delgado.

Os Monitores Eleitorais, num período de 08 meses de actividades plenas, deverão monitorar a longo prazo todo processo eleitoral que cobre todo Ciclo eleitoral (desde o recenseamento até a divulgação dos resultados das eleições gerais pelo Conselho Constitucional).

O processo de Monitoria eleitoral é uma actividade de maior responsabilidade na compreensão e aplicação da legislação eleitoral, considerando os impactos democráticos, políticos e na construção da Paz em Moçambique.

Qualidades Desejadas

  • Possuir idade compreendida entre 18 a 40 anos;
  • Possuir no mínimo 12ª Classe do Sistema Nacional de Educação (SNE) ou equivalente;
  • Mostrar-se disponível e motivado;
  • Ter facilidade de trabalhar em equipa e possuir uma grande abertura de espírito;
  • Ser flexível (para gestão de imprevistos);
  • Ter excelente saúde e uma boa capacidade de adaptação (apresentar atestado de Aptidão Física);
  • Ser responsável;
  • Possuir experiência comprovada na monitoria/observação eleitoral;
  • Ser idóneo e demonstrar neutralidade, imparcialidade, objectividade e inexistência de ideias pré-concebidas, não usar uniforme, símbolos, cores ou outros detalhes que sub entendam seu apoio a um dos partidos ou candidatos políticos;
  • Ser residente ou ter residência no Município/Distrito por onde pretende fazer a monitoria.

Conhecimentos Necessários

  • Falar fluentemente a língua local;
  • Escrever e falar fluentemente a língua portuguesa;
  • Possuir boa capacidade de compreensão e aplicação da legislação eleitoral;
  • Ter bom domínio do Município/Distrito no qual se candidata;
  • Ter habilidades no uso de tecnologias de informação e comunicação.

Exigências

  • Carta de Manifestação de Interesse indicando o Município/Distrito (Angoche, Monapo, Nacala Porto, Nampula, Mocímboa da Praia, Montepuez, Moma e Ilha de Moçambique), por onde pretende fazer a Monitoria Eleitoral;
  • Cópia de BI válido e reconhecida;
  • Duas fotos coloridas (Tipo Passe);
  • C.V. actualizado;
  • Cópia reconhecida de Passaporte/ Visto/DIR válido (para os estrangeiros residentes nos Município/Distritos indicados e que estejam interessados);
  • Prova documental de ter participado em actividades eleitorais.

Nota: Só serão consideradas as candidaturas submetidas dentro do prazo e só serão contactados os candidatos pré-seleccionados.

Os interessados  deverão   enviar os documentos acima para rh.orphad@gmail.com ou Av. Samora Machel nº: 34 – Bairro de Muahivire – na cidade de Nampula ate no dia 23 de Fevereiro de 2019.

 

Local: Nampula e Cabo Delgado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *