Vagas para (40) Monitores Eleitorais para Eleições Gerais de 2019

Vagas para (40) Monitores Eleitorais para Eleições Gerais de 2019
Vagas para (40) Monitores Eleitorais para Eleições Gerais de 2019

22 fevereiro, 2019

RECEBA VAGAS NO SEU EMAIL:  

A Organização para Promoção da Paz e Desenvolvimento Humanitário (ORPHAD), é uma entidade não-governamental moçambicana e sem fins lucrativos, com a missão de promover operações de Paz e prestar assistência aos grupos vulneráveis de mulheres, crianças, jovens e idosos através de empoderamento das iniciativas de desenvolvimento socioeconómico, garantindo a defesa dos Direitos humanos.

A ORPHAD no âmbito do projecto “Eleições Credíveis e Pacíficas em Moçambique – ELEIÇÕES MOÇAMBIQUE”, está a recrutar quarenta (40) Monitores Eleitorais para monitorar a longo prazo o processo eleitoral das Eleições Gerais de 2019. O recrutamento vai obedecer duas fases para 08 Municípios/Distritos da Região Norte do País, com a seguinte distribuição: Nampula Cidade (10), Nacala Porto (11), Mocímboa da Praia (04), Angoche (03), Monapo (03), Montepuez (03), Moma (03) Ilha de Moçambique (03), nas províncias de Nampula e Cabo Delgado.

Os Monitores Eleitorais, num período de 08 meses de actividades plenas, deverão monitorar a longo prazo todo processo eleitoral que cobre todo Ciclo eleitoral (desde o recenseamento até a divulgação dos resultados das eleições gerais pelo Conselho Constitucional).

O processo de Monitoria eleitoral é uma actividade de maior responsabilidade na compreensão e aplicação da legislação eleitoral, considerando os impactos democráticos, políticos e na construção da Paz em Moçambique.

Qualidades Desejadas

  • Possuir idade compreendida entre 18 a 40 anos;
  • Possuir no mínimo 12ª Classe do Sistema Nacional de Educação (SNE) ou equivalente;
  • Mostrar-se disponível e motivado;
  • Ter facilidade de trabalhar em equipa e possuir uma grande abertura de espírito;
  • Ser flexível (para gestão de imprevistos);
  • Ter excelente saúde e uma boa capacidade de adaptação (apresentar atestado de Aptidão Física);
  • Ser responsável;
  • Possuir experiência comprovada na monitoria/observação eleitoral;
  • Ser idóneo e demonstrar neutralidade, imparcialidade, objectividade e inexistência de ideias pré-concebidas, não usar uniforme, símbolos, cores ou outros detalhes que sub entendam seu apoio a um dos partidos ou candidatos políticos;
  • Ser residente ou ter residência no Município/Distrito por onde pretende fazer a monitoria.

Conhecimentos Necessários

  • Falar fluentemente a língua local;
  • Escrever e falar fluentemente a língua portuguesa;
  • Possuir boa capacidade de compreensão e aplicação da legislação eleitoral;
  • Ter bom domínio do Município/Distrito no qual se candidata;
  • Ter habilidades no uso de tecnologias de informação e comunicação.

Exigências

  • Carta de Manifestação de Interesse indicando o Município/Distrito (Angoche, Monapo, Nacala Porto, Nampula, Mocímboa da Praia, Montepuez, Moma e Ilha de Moçambique), por onde pretende fazer a Monitoria Eleitoral;
  • Cópia de BI válido e reconhecida;
  • Duas fotos coloridas (Tipo Passe);
  • C.V. actualizado;
  • Cópia reconhecida de Passaporte/ Visto/DIR válido (para os estrangeiros residentes nos Município/Distritos indicados e que estejam interessados);
  • Prova documental de ter participado em actividades eleitorais.

Nota: Só serão consideradas as candidaturas submetidas dentro do prazo e só serão contactados os candidatos pré-seleccionados.

Os interessados  deverão   enviar os documentos acima para rh.orphad@gmail.com ou Av. Samora Machel nº: 34 – Bairro de Muahivire – na cidade de Nampula ate no dia 23 de Fevereiro de 2019.

 

Local: Nampula e Cabo Delgado

VAGAS NÃO SE PAGA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *