Vagas para (2.158) Agentes de extensão Rural

Vagas para (2.158) Agentes de extensão Rural
Vagas para (2.158) Agentes de extensão Rural

20 maio, 2020

Digite seu endereço de e-mail:  
Informamos que todas as oportunidades de emprego publicadas no site EMPREGO.INFROMOZ, sem excepção, não implicam qualquer custo para os candidatos

o Ministério do Agricultura   e Desenvolvimento Rural (MADER) tem o desafio  de assistir  um  total  de

539.093 famílias (segundo  0 PES2020), em matérias  de produção agrícola   e pecuário.   Para tal, e necessário   aumentar    e  melhorar   a  cobertura    dos  serviços  de  extensão   agrária   através   do contratação    de extensionistas.

Assim, 0 MADER através   do  Fundo  Nacional   de  Desenvolvimento  Sustentável   (FNDS)pretende contratar   a  nível  nacional,   em  regime   de  contrato   com   tempo   definido,   um  total  de  2.158 extensionistas,  sendo 308 do Nível Superior e 1.850 do Nível Médio  (tabela  em anexo).

A extensão  rural e um processo  continuo   de  transmissão  de  informações   úteis a população    (a dimensão   comunicativa)    e  sucessivamente  de   assistência   a   esta   mesma   população     no aquisição  de conhecimentos,  capacidades   e atitudes  necessários  para  utilizar eficazmente   esta

informação    ou  tecnologia    (a dimensão   educativa).    Sua função   e conectar    os resultados  do pesquisa  com  a  adoção    de  conhecimentos   e  tecnologias    pelos  produtores   rurais. Portanto, disponibilizo  conhecimentos   para  que  os agricultores  constituam   suo tecnologia    de  produção. De  referir  que   em   muitos  casos,  para   pequenos    produtores,   e  necessário   prover   pacotes tecnológicos,  devido  0 seu baixo  nível de escolaridade.

No entente.   a extensão   rural só pode  ser bem-sucedida   quando   as suas acções   são dirigidas para  responder  as necessidades reais sentidas  pelo  público-alvo    (produtor).   Há uma  tendência incorrecta  de se pensar  que  a extensão  rural se equipara ao termo  transferência  de  tecnologia. A  transferência   de  tecnologia     inclui  também o fornecimento de  factores   de   produção    e prestação   de  serviços   agrários.  Além  disso.  a  extensão   tem  que   capacitar    os produtores   para   a gestão   e a tomada    de  decisões,  pois a novo   tecnologia   traz consigo    uma  maior   exigência   destas qualidades.   A extensão   rural  deve   também   ajudar   a população    rural  a  desenvolver   qualidades de   direcção     e   organização.      participar     em    associações.    sociedade     de    credito.      e   outras organizações    de   ajuda     mutua     e   participar    mais   plena  mente     no   desenvolvimento      do   suo comunidade. o presente  documento   tem   como   objectivo   descrever  o  perfil  de   um  extensionista, suas contribuições e os apresentar os requisitos necessários para a suo contracção.

  1. 2. EXTENSIONISTAS COMO  AGENTES DE MUDANÇA

Um dos grandes  desafios dos agricultores e investir no produção  e melhorar a qualidade  de vida das  suas famílias. Neste  contexto,  0 extensionista tem  um  papel   primordial  de  promover  a mudança  no sistema social  dos produtores, identificando  as suas necessidades e apresentando um  leque   de   opções    que   satisfaçam  estas  necessidades, através   do   fluxo  de   inovações tecnológicas.

Dos vários actores  do desenvolvimento  rural das comunidades  qualificam-se como  agentes  de extensão os seguintes:

  • Extensionistas, supervisores do rede. técnicos  ramais,  oficiais  de  tecnologias,  formadores, técnicos    de   comunicação.    organização   de   produtores,  planificação.    monitoria  e avaliação  e os chefes  dos serviços:
  • Dirigentes políticos, religiosos tradicionais;
  • Professores ,Enfermeiros, Técnicos e outros.
  1. 3PRINCÍPIOS ORIENTADORES PARA 0  SUCESSO DO TRABALHO  DO EXTENSIONISTA

A Extensão como  uma  modalidade  de  educação   “totalmente  distante  do educação em solo de aula”  e tendo  em conta   que  os profissionais deste sector  lidam  com  pessoas que,  em muitos caos.  se encontram  em  situações sócio culturais distintas  das  suas.

O extensionista deve   ter habilidades  e  responsabilidades  éticos   para   com   0  publico    alvo,   pois  e  um  agente    de desenvolvimento  que   actua   para   a  transformação  social  do   meio   rural.  Por  tonto,   existem

princípios  básicos   que  o agente   de  extensão deve  seguir e respeitar para  que  o seu trabalho tenha  o sucesso desejado  e a mudança;:a de comportamento  do grupo  alvo.

Deveres do extensionista:

  • Conhecer/dominar e ter paixão  pela  sua profissão:
  • Estudaras condições e práticos  locais, incluindo a cultura  do  população:
  • Manter os compromissos marcados com  os produtores;
  • Conectar os resultados do pesquisa com  a adocao   de conhecimentos e tecnologias pelos produtores rurais;
  • Insistir que os representantes das comunidades  ou  grupos  tomem   parte  no  processo de elaboração.  execução  e avaliação  dos pianos  a nível das comunidades;
  • Cooperar  com    todos    intervenientes  que    trabalham   para    0  desenvolvimento   do comunidade;
  • Manter todos  os registos no diário  do extensionista assim como incentivar aos produtores a faze-lo:
  • Usara língua  local  e linguagem simples.
  1. 4CONTRATAÇÃO  DE TÉCNICO SUPERIOR DE AGROPECUÁRIA

Perfil  do  Supervisor    Distrital

Coordena  e treina  de  forma  sistemática as actividades  dos  extensionistas de  campo   e lidera  0 grupo  de Extensionistas Coordenadores a nível do Distrito.

Funções:

  • Planificar, monitorar e avaliar actividades de extensão agrário  no sua área  de jurisdição:
  • Apoiar a elaboração  de pianos  de negócios das principais culturas  e espécies animais;
  • Garantir o Cadastro Único do  Produtor Agrário  (CUPA)do sua área  de jurisdição:
  • Garantir a criação   e organização  de  produtores em  associações. cooperativas  e grupos de interesses;
  • Identificar e seleccionar  sistemas e métodos  de  extensão  mais  apropriados   para   a difusão   e adopção  de  tecnologias   pelos  produtores;
  • Identificar  e  avaliar     as  necessidades   de   formação    dos   agentes   de   extensão   agrário    e produtores;
  • Coordenar  os programas   de  formação    contínua   em  serviço   dos  extensionistas;
  • Garantir a  partilha    de  informações   atreves    de  plataformas   de  inovação    como   seminários. programas   radiofónicos   e televisivos, envolvendo   diferentes  actores    do  sociedade;
  • Garantir  a   capacitação     dos   extensionistas   e   produtores    em    matérias   de   segurança alimentar   e  nutricional,   processamento    de  alimentos   local  mente    disponíveis  e  apoiar    no elaboração    de  receitas;
  • Orientar  tecnicamente      os   extensionistas   do    suo   área    de   jurisdição    no   processo   de produção       e conservação    de  sementes  a nível local;
  • Elaborar relatórios técnicos   periódicos   inerentes  a suo função:
  • Fazer 0 uso racional dos meios e bens de trabalho a si adstrito; e
  • Realizar outras tarefas  de  natureza e complexidade  similares no âmbito   do  suo área  de actividade.

Requisitos:

  • Licenciatura em Agricultura, Agronomia,  Desenvolvimento Rural, Extensao Agrária  e/ou áreas afim;
  • Idade compreendida  entre  23-40 mes;
  • Carta de condução  para  viaturas e motorizadas;
  • Excelente capacidade    social   de   trabalho   e   networking,  bem   como    capacidades interpessoais e  de  influencio  para  interagir com   governos, parceiros, 0 sector  privado, sociedade civil e comunidade  no geral;
  • Experiencia  de    monitoria   e    avaliação    de    projectos    agrários/pecuárias    e    de desenvolvimento comunitário integrado;
  • Boas competências de informática no óptica   do utilizador para  as aplicações  gerais  (MS­ Office,  E-mail e Internet);
  • Fluente em Português (falado   e  escrito), língua  local,  noções   de  Língua  inglesa  e uma vantagem;
  • Experiência  no  recolha    e complicação    dados   e elaboração    de  relatórios;
  • Excelentes habilidades   organizacionais    e comunicativas;
  • Capacidade  de  trabalhar   em  equipa    num  ambiente   dinâmico:
  • Habilidade  de  trabalhar   sob  pressão.
  1. CONTRATAÇÃO  DO TÉCNICO  PROFISSIONAL DE AGRO-PECUÁRIA

B 1  –  Perfil do Extensionista  Coordenador

Coordena as actividades  dos extensionistas de campo   ao nível do  Posto Administrativo.

Funções:

  • Coordenar as actividades de extensão rural ao nível do sua área  de jurisdição:
  • Assegurar a realização  do  Cadastro  Único  do  Produtor Agrário   (CUPA)  de  produtores agrários do sector  familiar;
  • Garantir a montagem  de ensaios/campos de demonstração  do sua área  de jurisdição:
  • Elaborar relatórios técnicos  periódicos inerentes a sua função:
  • Fazer 0 uso racional dos meios e bens de trabalho  a si adstrito.

Requisitos de  ingresso:

  • Certificado Vocacional  5 (CV5) ou  Nível médio   em  Agricultura, Pecuário. Extensão Rural e/ou  outras áreas afins;
  • Idade compreendida  entre  18-35 anos;
  • Carta de condução  para  motorizadas;
  • Fluente em Português falado e escrito, e língua  local;
  • Boas competências de informática  no óptica   do  utilizador para  as aplicações  gerais (MS- Office,  E-mail e Internet);
  • Boa oralidade e comunicação:
  • Capacidade de treinar  e liderar eficazmente um grupo  de produtores;
  • Experiencia de trabalho  com  a comunidade;
  • Capacidade  de    trabalhar    de    forma    autónoma    e   com    autêntico    sentido    de responsabilidade.
  1. Perfil do Extensionista Agro-pecuário

Técnico    ao  nível  de  Localidade  que  exerce   actividades  de  Transferência  e  difusão  de tecnologias agrários.  generalista de contacto   directo   com  os produtores.

Funções:

  • Cadastrar os agricultores do sector familiar;
  • Ensinar fazendo na sua própria unidade   demonstrativa;
  • Motivar 0 produtor   para  a produção   orientada ao mercado;
  • Disseminar informações úteis (tecnologias agrários. mercados, assuntos transversais);
  • Apoiar produtores na identificação  de soluções  dos seus problemas;
  • Planificar programas e actividades  de extensao:
  • Preencher as fichas de monitorias e relatórios:
  • Facilitar a colocao  de insumos;
  • Apoiar na comercialização  e conservação  de excedentes agrícolas;
  • Expandir infra-estruturas de interesse para os produtores.

Requisitos:

  • Certificado Vocacional  5 (CV5) ou  Nível médio  em  Agricultura, Pecuário. Extensão Rural e/ou  outras áreas afins;
  • Idade compreendida   entre  18-35 anos;
  • Carta de condução   para  motorizadas;
  • Fluente em Português falado e escrito. e Língua local;
  • Boas competências de informática  na óptico   do  utilizador  para  as aplicações  gerais (MS­ Office,  E-mail e Internet);
  • Boa oralidade  e comunicação:
  • Capacidade  de treinar  e liderar  eficazmente um grupo  de produtores;
  • Experiencia de trabalho  com  a comunidade;
  • Capacidade  de    trabalhar     de    forma    autónoma    e   com    autentico      sentido    de responsabilidade.
  1. 6. DOCUMENTOS  NECESSÁRIOS
  • Requerimento reconhecido e dirigido  ao Excelentíssimo Senhor Secretório Permanente do

MADER;

  • Curriculum vitae;
  • Fotocopia autenticada do Bilhete de Identidade;
  • Fotocopia do certificado de habilitações  literários:
  • Declaração de registo criminal;
  • Atestado  medico;
  1. 7. LOCAL DE SUBMISSAO DE DOCUMENTOS  E PRAZO DA CANDIDATURA
  • Os documentos do candidatura deverão  ser submetidos ao Serviço Distrital de Actividades Económicos (SDAE) do distrito a que se candidata  ate  30 dias após  a data  do anúncio:
  • Os candidatos para  0 nível superior  serao  submetidos a uma  entrevista e os candidatos para  0 nível médio  serao submetidos a um teste escrito.
  • As listas para entrevistas e testes serão afixados nos Serviço Distrital de Actividades Económicos (SDAE,) após duas  (2) semanas  após o encerramento  das candidaturas.

NOTA: Encoraja-se a candidatura  dos técnicos  com  residência nos locais indicados no tabela acima.

Ministério da Agricultura   e Desenvolvimento  Rural. Av. Acordos  de Lusaka – Praça dos  Heróis. 1°Andar, Bloco  o Caixa  Postal 1406, Maputo,   Moçambique.  www.masa.gov.mz.

Boa sorte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *