Vagas para Conselheiros

Vagas para Conselheiros
Vagas para Conselheiros

21 julho, 2020

Digite seu endereço de e-mail:  
Informamos que todas as oportunidades de emprego publicadas no site EMPREGO.INFROMOZ, sem excepção, não implicam qualquer custo para os candidatos

A Friends in Global Health FGH, uma Organização Não-Governamental sem fins lucrativos, que desenvolve um trabalho de caris social na Província da Zambézia, procura profissionais para provimento das vagas de Conselheiros de Apoio Psicossocial APSS e Conselheiros de Saúde Materno Infantil – SMI.

Os  candidatos  interessados  deverão  enviar  suas  candidaturas  acompanhadas  de  Carta  de

Apresentação, CV, Certificado de Habilitações Literárias para  OS ESCRITÓRIOS DISTRITAIS DA FGH OU PARA OS A DIRECÇÃO DISTRITAL DE SAÚDE, os CVs deverão estar em Envelope fechado e Indicar a Posição que está a concorrer, até o dia 30 de Julho de 2020.

Apenas serão contactados o(a)s candidato(a)s pré-selecionado (a)s na base dos documentos apresentados. FGH reserva-se o direito de fechar o processo antes do prazo se tiver identificado o candidato ideal.

 

  1. CONSELHEIRO DE APOIO PSICOSSOCIAL – APSS

 

O conselheiro leigo de saúde na área de APSS é o responsável pelo aconselhamento de todos os pacientes inscritos no Serviço de Saúde – incluindo Serviços TARV, PNCT, PTV, CCR, Enfermarias – garantindo qualidade do atendimento e promovendo acções de apoio a adesão, educação e advocacia a PVHS dentro da Unidade Sanitária. Melhoria do fluxo intrainstitucional entre os serviços na US, com enfoque nos serviços TARV e oferecer apoio psicossocial aos pacientes e utentes necessitados deste serviço.

 

Tarefas no Gabinete de APSS&PP/Serviços TARV

  •   Acolher o paciente com a devida empatia;
  •   Realizar aconselhamento Pré-TARV a todos pacientes e referir para o clínico para o inicio do TARV no mesmo dia;
  •   Oferecer aconselhamento de reforço de adesão a todos os pacientes que iniciaram TARV de acordo com o algoritmo de APSS&PP para adultos;
  •   Promover os serviços de Circuncisão Masculina para homens elegíveis e VBG;
  • Preencher ficha de avaliação de APSS (FM) identificar os factores psicossociais que afectam adesão e fazer o plano de acção;
  •   Identificar crianças e adolescentes para iniciar o processo de RD;
  •  Abordar a importância da testagem do parceiro através da Estratégia de Caso Índice incluindo filhos menores de 10 anos e preencher o Formulário de Rastreio Familiar;
  • Apoiar os pacientes a fazerem RD aos seus parceiros;
  • Receber os pacientes que se encontram nos GAAC, clubes de adesão e avaliar a adesão ao
  • TARV de forma individual para todos pacientes com risco de baixa adesão;
  •  Participar  dos  encontros  para  promover  o  debate  dos  diferentes  temas  escolhidos  pelos membros dos grupos e assegurar a componente de auto-ajuda dos pacientes envolvidos;
  •  Colocar os resultados dos exames laboratoriais nas bolsas plásticas das Fichas Mestras e assegurar que os clínicos, preenchem os resultados na FM e faz a entrega dos resultados aos pacientes;
  •  Assegurar que as FM e principalmente os FILAS estão a ser digitadas para que as listas de faltosos e abandonos sejam mais realistas;
  • Organizar as FM nas Pastas Bantex, antes e depois da digitação de acordo com o protocolo;
  • Fazer o uso de agendas para registos de marcação de consultas;

 

 

 

 

 

 

Requisitos e Qualificações

  •   Possuir nível académico básico na área social e/ou saúde (10ª classe);
  •   Fluência em português e línguas locais da província da Zambézia;
  •   Confidente, respeitoso com os pacientes e provedores de saúde;
  •   Formação e pelo menos 4 anos de experiência de trabalho em processos de desenvolvimento comunitário de programas de HIV e SIDA;
  •   Experiências em acções de fortalecimento de vínculos comunitários e sociais, especialmente de
  • PTV, HIV e SIDA nas famílias afectadas;
  •   Experiência de trabalhar no contexto clínico ou na Unidade Sanitária;
  •   Habilidades de comunicação com diferentes classes sociais;
  •   Idóneo, responsável e motivado para o trabalho;
  •   Ter espirito de confidencialidade;
  •   Acolhedor/a;
  •   Idade superior a 21 anos;

 

  1. CONSELHEIRO DE SAUDE MATERNO INFANTIL – SMI

 

Aconselhamento em Adesão para mulheres gravidas e lactantes positivas nos serviços de

SMI (CPN, CCR, PF, maternidade)

  •   Abertura de processo clínico a todas as mulheres gravidas/lactantes testadas HIV. Acolhimento inicial no Serviço;
  •   Realizar aconselhamento a pacientes que iniciarão TARV (sessões pré-TARV);
  •   Realizar aconselhamento as pacientes em TARV nas consultas de seguimento;
  •   Realizar aconselhamento a pacientes que apresentam problemas de adesão e garantir um plano de melhoria (internamento e consultas em diversos serviços).
  •   Preencher  ficha  de  seguimento  aconselhamento,  reportando  informações  relevantes  quanto aspectos psico-social de cada paciente.

 

Estrategia de Mães Mentoras:

  •   Garantir que todas as pacientes gravidas e lactantes seropositivas sejam alocadas/em seguimento por as Mães Mentoras
  •   Abertura de ficha de seguimento individual de visitas preventivas de mulheres gravidas/lactantes;
  •   Seguimento das actividades das Mães Mentoras: visitas preventivas e buscas;
  •   Calendarização dos grupos de Mães para Mães;
  •   Emisão de cartões de visita preventiva e buscas para mulheres gravidas/lactantes e crianças com
  • PCR positivos

Educação para saúde

  •  Realizar palestras educativas, sensibilizando utentes de todos os sectores da Unidade Sanitária acerca de mensagens de promoção de saúde;
  •   Incentivar a formação de grupos de apoio dentro da Unidade Sanitária (grupo de mães para mães,
  •   Participar eventualmente em actividades de capacitação dos grupos comunitários na comunidade, comunicando mensagens de promoção de saúde

 

 

 

 

 

 

Promoção de visão holística em equipa multidisciplinar nos serviços clínicos apoiado pela

FGH

  •   Participação regular em encontros de Café TARV e de CAD de mães mentoras;
  •   Participação e orientação nos grupos de Mães para Mães;
  •   Colaborar para o bom andamento das actividades com os demais membros da equipa (gestores de dados, equipa de saúde, psicólogos e parceiros);
  •   Facilitar o fluxo de atendimento e acompanhamento dos utentes entre os diversos serviços da
  • Unidade Sanitária (PNTC, PTV, CCR, Maternidade, etc);
  •   Identificar os recursos disponíveis na comunidade e estabelecer sistemas de referência e contra- referência de acordo com as necessidades identificadas e coerentes com a realidade onde actua (cuidados domiciliários, apoio alimentar, assistência jurídica, assistência social, programas de geração de renda).

 

Requisitos e Qualificações

 

  •   Nível académico básico na área social e/ou saúde (10ª classe)
  •   Fluência em Português e Sena (A ENTREVISTA SERA FEITA EM SENA);
  •   Sexo feminino;
  •   Idade acima de 25 anos;
  •    Ser residente no local onde se candidata;
  •   Formação e pelo menos 2 anos de experiência de trabalho em processos de desenvolvimento comunitário de programas de HIV/SIDA (experiencia como Conselheiro de Saúde será uma grande vantagem; também experiencia com Mãe Mentora ou Educadora de Par merecerá consideração);
  •    Experiências em acções de fortalecimento de vínculos comunitários e sociais, especialmente de
  • ATS, PTV, HIV e SIDA nas famílias afectadas.
  • Experiencia de trabalhar no contexto clínico ou na unidade sanitária;

 

 

 

NB: A FGH não cobra quaisquer valores aos candidatos a emprego, e distancia-se veementemente deste tipo de prática.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *