Vagas para (31) Conselheiro Leigo ATS Comunitário

Vagas para (31) Conselheiro Leigo ATS Comunitário
Vagas para (31) Conselheiro Leigo ATS Comunitário

22 fevereiro, 2021

Digite seu endereço de e-mail:  
Informamos que todas as oportunidades de emprego publicadas no site EMPREGO.INFROMOZ, sem excepção, não implicam qualquer custo para os candidatos

A FUNDAÇÃO ARIEL GLASER CONTRA O SIDA PEDIÁTRICO (ARIEL), uma ONG Nacional que trabalha em parceria com as Direcções Provinciais de Saúde, Serviços Distritais de Saúde da Mulher e Acção Social (SDSMAS) e Hospitais Rurais (HR) nas Províncias de Maputo e Cabo Delgado. Apoia a implementação, acesso e expansão dos Serviços Clínicos de HIV integrados e de qualidade, especificamente o Programa de Saúde Materno Infantil (SMI) /Prevenção de Transmissão Vertical (PTV), Cuidados e tratamento Anti – retroviral (TARV) para Crianças e Adultos e apoio psicossocial através de uma abordagem de Fortalecimento do Sistema Nacional de Saúde.

I.PROVINCIA DE CABO DELGADO

 

 

CONSELHEIRO para ATS COMUNITÁRIO (m/f):Mecufi (3), Montepuez (7), Balama (3), Metuge (4), Pemba (10), Namuno (4)

 

O Conselheiro Leigo para ATS COMUNITÁRIOé responsável por realizar actividades de aconselhamento e testagem em saúde na comunidade através da estratégia Caso Indexe, bem como de educação em saúde para os familiares e contactos do Caso Indexe na Comunidade e nos diversos serviços na Unidade Sanitáriasempre que necessário: Aconselhamento e educação para os doentes crónicos, (TB, HIV – ATS & TARV/Adesão, IO, Diabetes, Hipertensão), Saúde Sexual e Reprodutiva, Saúde Infantil e do Adolescente, Saneamento do Meio, seguimento e gestão dos GAAC, etc. a fim de encorajar a prevenção e/ou correcto seguimento do tratamento destas doenças, garantindo um ciclo de cuidados contínuos em saúde.

 

RESPONSABILIDADES:

·         Aconselhamento e Testagem em Saúde na Comunidade (ATSC):

·         Garantir que tenha todo material necessário para o ATSC no domicilio antes de iniciar a actividade (Verificar a existências de POPs, diretrizes de ATS/PC, Cronómetro funcional testes luvas etc);

·         Realizar palestras inicial/informativa na US e Comunidade sobre aspectos gerais de saúde (ITS, tuberculose, malária, diabetes, hipertensão arterial, cancros, violência baseada no género, circuncisão masculina, saúde sexual e reprodutiva e HIV/SIDA, etc).

·         Aconselhamento para a testagem em HIV, pré e pós-teste aos Contactos do Caso Indexe (Parceiros Sexual, Filhos menores de 14 anos), outros membros da família apos avaliação dos sinais e sintomas sugestivos para testagem, referenciamento para US de contactos positivos para seguimento nos Serviço TARV;

·         Rastreio a todos contactos do Caso Indexe que recebem o ATS de modo a identificar a População Chave (PC), usando o guião de rastreio de MISAU.

·         Realizar despiste de Tuberculose e ITS de todos contactos do Caso Indexe na comunidade, referenciando para US os casos suspeitos para devido seguimento;

·         Seguimento na comunidade de todos Contatos de TB (Crianças menores de 14 anos) para inicio ate ao termino do de tratamento Preventivo de Tuberculose

·         A oferta de Cartão do utente da UATS a todos contactos do Casos Indexe com resultado de HIV negativo com informação detalhada sobre a data da próxima testagem

·         Referência da comunidade para os serviços de CPN na US a todas mulheres grávidas de modo a receberem o ATS, bem como o seguimento da gravidez.

·         Referência da comunidade para US de todas as crianças expostas ao HIV para o sector de CCR, de modo a realizar o ATS, e seguimento;

·         Emissão guias de referência e contra-referência para todos os casos referidos da comunidade para Unidade Sanitária;

·         Seguimento dos contactos testados HIV positivo referidos á US e remarcar a visita domiciliária em casos de não retorno á Unidade Sanitária;

·         Registo de todos os pacientes que se beneficiam da visita domiciliária, nos respectivos instrumentos em uso pelo programa (Livro ATSC; Plataforma Infomóvel; Formulario de Rastreio Familiar; Ficha Rastreio de Contactos TB, etc);

·         Elaborar o plano semanal das actividades;

·         Produzir relatório semanal das actividades;

·         Participar em encontros de coordenação com a Unidade Sanitária;

 

REQUISITOS:

·         10a. Classe;

·         Idade inferior a 35 anos;

·         Fluência língua portuguesa & língua local;

·         Formação em aconselhamento em saúde e HIV;

·         Habilidade para educação e aconselhamento em saúde assim como trabalho social;

·         Boa capacidade de comunicação;

·         Espírito de equipa, flexibilidade e diplomacia;

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Como se candidatar

 

N.B. Se reúne os requisitos já enumerados e tem experiência comprovada, envie os seguintes documentos:

 

Carta de Motivação, B.I autenticado, Certificado de Habilitações Literárias autenticado, CV detalhado em formato word e em Português. Os interessados devem submeter as candidaturas aos Serviços Distritais de Saúde, Mulher e Acção Social (SDSMAS) correspondentes aos distritos na qual se candidatam, ou devem ser entregues nos escritórios da Sede sito na Av. Agostinho Neto, Nº 620, na Matola sito na Rua da Missão nº 315 e em Pemba na Rua da Base Moçambique, nº 640, até o dia 11 de Março 2021

N.B. Só serão contactados os candidatos selecionados a entrevistas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *