Vaga para Assistente de Monitoria e Avaliação

Vaga para Assistente de Monitoria e Avaliação
Vaga para Assistente de Monitoria e Avaliação

26 abril, 2021

Digite seu endereço de e-mail:  
Informamos que todas as oportunidades de emprego publicadas no site EMPREGO.INFROMOZ, sem excepção, não implicam qualquer custo para os candidatos

No âmbito de Resposta de Emergência a tempestade e Ciclones Tropicais no Centro do País, a World Vision-Moçambique (WV-Moç) torna público que pretende recrutar, para o Projecto WFP, no Distrito de Búzi, província de Sofala um (1) Assistente de MEAL (Monitoria & Avaliação, Prestação de Contas e Aprendizagem).

Propósito da Posição:

  • A função do Assistente de MEAL é de auxiliar na operacionalização das funções de responsabilização e de monitoria no distrito. Essa posição tem como objectivo integrar operações de nível de campo, de monitoria e responsabilização, incluindo a colecta e a entrada de dados de acordo com o quadro de monitoria do projecto, a consolidação do monitoramento e da responsabilização das informações a nível de campo para operações locais e tomada de decisão.
  • Esta posição inclui também o desenvolvimento de relações com as comunidades, facilitando e promovendo as suas necessidades e direitos;
  • Representando a Comunidade à organização;
  • Implementação de sistemas de feedback e reclamações;
  • Prestar apoio à coordenação governamental/interagências e assegurar o cumprimento das normas de doadores internacionais.

Competências:

  • Monitorar a implementação e o andamento dos programas por meio de abordagens qualitativas, quantitativas e participativas na coleta de dados;
  • Compilar, registrar e arquivar dados ao nível do campo a partir de ferramentas de monitoramento e sistemas de prestação de contas usando pacotes de computador relevantes e apropriados e sistemas de gerenciamento de informações;
  • Fornecer treinamento ao nível do campo e garantia de qualidade para informações necessárias;
  • Auxiliar na análise de dados e redação de relatórios.

Requisitos:

  • Certificado, treinamento profissional ou nível equivalente ao grau de Licenciatura em Ciências Sociais, estatística, estudos de desenvolvimento ou área relevante;
  • Pelo menos dois anos de experiência em M&E e/ou sistemas de prestação de contas;
  • Conhecimentos de informática, especificamente de pacotes estatísticos (SPSS e Excel);
  • Boa comunicação na língua portuguesa (falada e escrita), capacidade de falar línguas locais (Sena, Ndau, etc.);
  • Experiência na realização de inquéritos/avaliações;
  • Experiência no uso de ferramentas qualitativas e quantitativas de monitoria;
  • Experiência em amostragem a nível do campo;
  • Experiência em ajuda alimentar e/ou programação do setor de saúde preferencial;
  • Capacidade de produzir relatórios de boa qualidade;
  • Independente, capacidade de trabalhar com supervisão mínima;
  • Bom conhecimento contextual da comunidade local e constrangimentos sociais/culturais, realidades e relacionamentos organizacionais;
  • Domínio sobre a aplicação de políticas e o impacto das decisões;
  • Cumprimento do trabalho através da criatividade, tomada de risco, iniciativa e inovação;
  • Carta de Condução de Motorizada.

Nota: A contratação está dependente da aprovação do Grant, uma vez que este se encontra no processo de validação. Igualmente não haverá o pagamento de subsídios de transporte, alojamento e realocação.

Como se candidatar?

Os interessados que reúnem os requisitos acima mencionados, podem submeter os seus CVs, acompanhados de cópias de diplomas/certificados e carta de manifestação de interesse indicando o local para o qual se candidata, através do correio electrónico: applications_hrd@wvi.org ate ao dia  27 de Abril de 2021.

Indique a fonte desta vaga na sua candidatura.

Somente os candidatos seleccionados serão contactados.

ATENÇÃO!

A World Vision-Moçambique (WV-Moç), mais informa ao público em geral que o recrutamento e contratação de trabalhadores são gratuitos e não cobra absolutamente nada aos candidatos.

Há indivíduos estranhos que na posse de números de telefone supostamente não registados contactam pessoas e tentam cobrar valores para vagas que são anunciadas. Esses casos deverão ser reportados a esquadra policial mais próxima pois trata-se de burladores. Tais indivíduos não são trabalhadores da WV-Moç.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *