Vaga para Supervisor Distrital

Vaga para Supervisor Distrital
Vaga para Supervisor Distrital

21 julho, 2021

Digite seu endereço de e-mail:  
Informamos que todas as oportunidades de emprego publicadas no site EMPREGO.INFROMOZ, sem excepção, não implicam qualquer custo para os candidatos

A JOS-SOAL pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um/a (1) supervisor distrital para Mossorize.

 

 

Descrição Geral

 

A JOS-SOAL ( associação de Jovens da Soalpo), uma ONG nacional que trabalha em prol da educação e saúde com sede na província de Manica, é parceira da Pathfinder Internacional no programa de Reforço da Adesão e Retenção dos pacientes em tratamento para HIV e Tuberculose através de intervenções comunitárias

 

 

 

CENTRO DE COLABORAÇÃO EM SAÚDE(CCS)

 

TERMOS DE REFERÊNCIA/DESCRIÇÃO DE TAREFAS

 

Título Posição:

 

Supervisor Distrital TB e

HIV

 

Localização

(Provincial/Distrito)

 

Mossurize

 

DESCRIÇÃO DO TRABALHO

 

Projeto: Reforçando a resposta ao HIV e TB em Moçambique

 

 

O projecto visa fortalecer a ligação entre a Comunidade e a Unidade Sanitária através de intervenções combinadas que contribuem para a reintegração de pacientes perdidos e o aumento da retenção dos pacientes em tratamento para a Tuberculose e HIV, contribuindo deste modo para redução do fardo da TB e HIV no país.

 

Posição Objetivo

O Supervisor Distrital é responsável pela operacionalização (em coordenação com os Serviços Distritais) das actividades ao nível distrital visando o fortalecimento das relações entre os serviços de saúde e a comunidade com a finalidade de aumentar a detenção de casos de TB e retenção de pacientes HIV positivos em tratamento através do apoio técnico-programático aos Gestores de Caso, Conselheiros Leigos e supervisores de campo de Retenção e Tuberculose.

Principais Responsabilidades

• Representar a JOSSOAL a nível do Distrito;
• Monitorar o trabalho desenvolvido pela rede comunitária através do suporte técnico aos Gestores de
Casos, Conselheiros Leigos e Supervisores de Campo;
• Realizar encontros semanais de coordenação com os conselheiros Leigos e gestores de casos para optimizar a implementação das actividades no Distrito;

• Monitorar mensalmente as actividades realizadas pelos Gestores de Casos e Conselheiros Leigos por meio da análise dos relatórios submetidos por estes últimos;
• Liderar os encontros mensais de discussão de dados do Distrito;

• Elaborar e submeter relatórios mensais estatísticos e programáticos de todos os módulos para os

Oficiais de M&A e de Programa, respectivamente;

• Participar em visitas de supervisão com os SDSMAS/US e parceiros na avaliação das actividades de apoio da JOSSOAL e garantir a operacionalização do plano de seguimento das recomendações;
• Garantir toda logística as OCB, para que os activistas (retenção e TB), mães mentoras, homens campeões e supervisores de campo tenham todo material necessário (kit, instrumentos de registo e EPI) para a implementação das actividades comunitárias;

• Garantir o cumprimento das recomendações fornecidas na retro informação mensal pelo oficial programático provincial, respeitando os prazos para execução das mesmas.
• Em coordenação com o supervisor de campo, monitorar a participação dos actores comunitários (activista, mãe mentora e homem campeão) nos encontros do comité de saúde na comunidade e assegurar o reporte dos principais problemas da US ao supervisor de campo/gestor de caso;
• Em coordenação com o Paralegal acompanhar e monitorar as actividades dos Paralegais;

• Em articulação com o Supervisor de campo e do Paralegal garantir uma melhor coordenação das actividades de campo;
• Assegurar o envio de reporte de dados do módulo de DH do distrito para a província;

• Em coordenação com o Paralegal elaborar um plano conjunto relacionados aos temas ministrados nas sessões de educativas em direitos e resolução dos casos submetidos;
• Apoiar o Paralegal na identificação, gestão e seguimento de casos ligados a barreiras e de violação de

DH que dificultem o acesso a saúde;

• Monitoria do referenciamento de amostras (enviadas pelos ACS, com enfoque para US com apoio da CORRE, demanda/produtividade);

• Em coordenação com o supervisores de campo/paralegal, prover apoio técnico e suporte aos oficiais programáticos das OCB na gestão, no seguimento e implementação das actividades de suporte Engajamento masculino e os diálogos comunitário na componente TB e HIV;
• Assegurar numa base semestral, a avaliação das competências técnicas dos gestores de casos e conselheiros leigos nas US de implementação;

Requisitos Básicos

• Ter formação académica em enfermagem geral, técnico de medicina preventiva e outras áreas afins;
• Fortes conhecimentos na gestão e supervisão;
• Fluente na língua Portuguesa;
• Ter conhecimentos da língua local é uma vantagem;
• Disponível para viver no distrito e passar maior parte do tempo nas localidades.
Qualificações Adicionais
• Excelente habilidade de comunicação;
• Capacidade de trabalhar em equipa;
• Capacidade de liderança;
• Ter habilidades para trabalhar de forma independente e saber ultrapassar barreiras e trabalhar sobre pressão;

Experiência exigida

▪ Ter trabalhado no mínimo 3 anos no sistema nacional de saúde; ▪
Ter trabalhado em programas de TB e HIV constitui vantagem.
Local de actividade Mossurize
▪ O supervisor distrital irá trabalhar em 1 ou mais distritos dependendo do número de activistas alocados para implementação das actividades em cada distrito abrangido pelo projecto

Exigências

 

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Manifestação de Interesse ;
  • Certificados;
  • Referências

 

Nota: Candidatos interessados deverão submeter em envelope fechado e físico os seus documentos no endereço abaixo ou por e-mail.

 

Local: Chimoio

 

Endereços:

 

Província de Manica, cidade de Chimoio, Soalpo – na rotunda proximo ao tanque da FIPAG, bairro 1º de

 

Maio, por de trás do Campo de futebol da Textáfrica

 

Email: jovenssoalpo@gmail.com

 

Validade: 23/07/2021

 

AVISO LEGAL:

 

 

 

A JOS-SOAL NÃO FAZ NENHUM TIPO DE COBRANÇAS EM QUAISQUER DAS FASES DO PROCESSO DE   RECRUTAMENTO   E   NÃO   PROCEDE   POR   VIA   DE   AGENTES   DE   RECRUTAMENTO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *