Vaga para Especialista em Desenvolvimento Resiliente ao Clima

Vaga para Especialista em Desenvolvimento Resiliente ao Clima
Vaga para Especialista em Desenvolvimento Resiliente ao Clima

21 julho, 2022

Digite seu endereço de e-mail:  
Informamos que todas as oportunidades de emprego publicadas no site EMPREGO.INFROMOZ, sem excepção, não implicam qualquer custo para os candidatos

A Fundação Aga Khan (AKF) é uma agência de desenvolvimento internacional, e sem fins lucrativos. A AKF está presente em Moçambique desde 2001. Os seus programas apoiam a melhoria sustentável da qualidade de vida de populações desfavorecidas no Norte de Moçambique e incluem intervenções nas áreas da saúde, educação, agricultura, empreendedorismo e mercados, poupanças comunitárias, sociedade civil e governação local.

 

Posição: Especialista em Desenvolvimento Resiliente ao Clima

Reporta ao:Director Nacional

Local:Moçambique

 

Resumo da Posição:

Como parte do Quadro do Programa Nacional para 2021 a 2025, a AKF (Moz) está a recrutar, para um cargo de  consultoria de longo prazo, um Especialista em Desenvolvimento Resiliente ao Clima. O Especialista irá contribuir para o reforço e expansão da programação de resiliência climática da AKF (Moz) no norte de Moçambique. O Especialista ficará baseado em Maputo ou Pemba, em Moçambique e reportará ao Director Nacional da AKF (Moz) (administrativo) e ao Assessor Global da AKF para Agricultura, Segurança Alimentar e Resiliência Climática (técnico). Haverá a possibilidade de alargar o cargo e levar a um cargo a tempo inteiro cobrindo o apoio regional a outras Unidades Nacionais da AKF na África Oriental e Austral (Quénia, Tanzânia, Uganda e Madagáscar).

 

Principais Deveres e Responsabilidades:

  • Rever os conhecimentos, recursos e programas internos e externos existentes sobre resiliência climática em Moçambique e na região;
  • Realizar actividades para desenvolver uma imagem dos programas actuais e lacunas existentes na programação de resiliência climática no norte de Moçambique, incluindo um mapeamento de parceiros e programas;
  • Co-desenhar a Estratégia Nacional para Resiliência Climática e apoiar a revisão da Estrutura do Programa Nacional de acordo com isso;
  • Trabalhar em estreita colaboração com a AKF (Moz) e as Equipas Globais, para liderar o processo de concepção de novas metodologias e programas de resiliência climática no norte de Moçambique que se alinhem com o Quadro de Programas do País;
  • Analisar informações técnicas e tendências para fornecer conselhos sucintos e tecnicamente sólidos, para integrar a resiliência climática nos programas existentes;
  • Apoiar o desenvolvimento e uso de ferramentas de monitoramento, avaliação e aprendizado para capturar as principais informações e aprendizados da programação de resiliência climática;
  • Trabalhar em estreita colaboração com o Gestor de Parcerias para envolver as partes interessadas de doadores institucionais e outros para mobilizar recursos financeiros e construir consórcios com outros parceiros para implementar programas sobre resiliência climática e desenvolvimento sustentável;
  • Realizar capacitação, formação e orientação de outros funcionários da AKF (Moz) sobre resiliência climática;
  • Construir e manter relações de trabalho estreitas e coordenação com departamentos relevantes, particularmente Pontos Focais de Género, na AKF(Moz) e globalmente para garantir que o trabalho de resiliência climática, também integre a igualdade de género em todos os resultados.

 

Qualificações e experiência requerida:

  • Licenciatura e Mestrado em Alterações Climáticas, Ambiente, Gestão de Recursos Naturais, Oceanografia, Agronomia, Florestas, Biologia, Geologia e/ou áreas afins;
  • Pelo menos dez (10) anos de experiência trabalhando em Resiliência Climática, Mudanças Climáticas, Meio Ambiente, Resiliência Climática Responsiva ao Gênero e/ou outros sectores, particularmente na África Subsaariana;
  • Experiência de campo demonstrada, interagindo e mobilizando com comunidades em intervenções de resiliência climática, preferencialmente em Moçambique ou em qualquer outro lugar da África Subsaariana;
  • Conhecimento especializado e experiência comprovada na implementação e gestão de programas climáticos numa Organização Não Governamental, Agência Doadora, Sector Privado ou equivalente;
  • Habilidades demonstradas em liderança, gestão de programas, trabalho de campo, comunicação, estratégia, desenho de programas e trabalho em equipe;
  • Demonstrar consciência e sensibilidade ao gênero e à diversidade;
  • Fluência em português e inglês, tanto escrito quanto falado.

 

A AKF visa assegurar que nenhum indivíduo associado à nossa organização, em qualquer capacidade, seja submetido a quaisquer práticas que infrinjam a dignidade humana, e que as actividades sejam conduzidas de acordo com os mais altos padrões de honestidade, integridade e profissionalismo.

 

As cópias dos termos de referência estão disponíveis nos escritórios da Fundação Aga Khan Moçambique, em Pemba – Av. da Marginal nr. 391 ou Maputo – Av. Friederich Engels nr. 967 – Caixa Postal 746.Também podem ser solicitados através do e-mail abaixo.

 

Os candidatos interessados devem enviar uma carta de manifestação de interesse com o nome do projecto acompanhada do Curriculum Vitae. As candidaturas podem ser entregues nos endereços acima mencionados ou enviadas através do seguinte correio eletrónico: hr.akfmoz@akdn.org

Data limite para o envio de propostas: Sexta-Feira, 10 de Agosto de 2022.

Serão contactados apenas candidatos selecionados para entrevista.

Incentivamos a candidatura de mulheres.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.